sábado, 3 de maio de 2014


"Tal é o fenómeno do poeta lírico: como génio apolíneo, ele interpreta a música através da imagem da vontade, enquanto que ele próprio, completamente desprendido da avidez da vontade, é um olhar do sol, puro e imperturbado."
Nietzsche

Sem comentários:

Enviar um comentário