segunda-feira, 16 de maio de 2011

Cenário à Tim Burton em contexto de sala de aula - Alice in Wonderland

Certo dia, levei uma mala com fios e missangas para as crianças construirem colares e pulseiras para si próprias. A mala ficou à disposição de todos e cada um tirava o que queria e precisava. Acontece que nessa mala estava um frasco de brilhantes, o qual por vezes utilizo em alguns trabalhos e no qual só eu mexo e, por lapso, estava ali dentro.
Concluida a construção de bijuteria, começo a arrumar o material e eis que noto que o frasco de brilhantes, que inicialmente estava cheio, agora estava a menos de metade.
Elevo logo a voz: "Quem mexeu nos meus brilhantes?"
Ouve-se pela sala: "Eu não, eu não, eu não..." E assim sucessivamente.
Até que olho para dois meninos (ainda por cima rapazes), com ar de comprometidos e, visivelmente, cobertos de brilhantes dos pés à cabeça.
De repente, senti-me a Rainha de Copas que perguntava: "Quem comeu a minha tarte?" E em vez do sapinho a deitar recheio da tarte pela boca, tinha à minha frente "duas amélias" que brilhavam mais do que o Sol num dia de Verão...