quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Comunicação


Qual a coisa mais importante para ti? Dizeres o que tens a dizer ou fazeres com que o outro entenda o que queres dizer? Expores apenas a tua opinião, nua e crua, sem te preocupares com o facto de poderes magoar os outros? Pensa bem: Quando apenas «disparas» as tuas convicções, não estás a levar em conta que os outros, pelo facto de ficarem magoados, se defendem, se fecham, e pura e simplesmente não te vão ouvir ou compreender. 

Eu estou sempre a dizer que vocês têm de ser quem são. Sem desvios ou cedências. Mas para uma pessoa ser quem é, ela deverá fazer-se compreender pelos outros. Para não gerar mais incompreensão, intolerância e violência à sua volta. Pois bem. O desafio é: Sê quem tu és, com o coração. Depois utiliza a tua mente para conseguires comunicar isso aos outros de forma a que eles compreendam e aceitem. 

Se eles compreenderem, óptimo, mais fácil será seres quem és. Se eles não compreenderem, apesar dos teus esforços, apesar da tua diplomacia… Se mesmo assim eles insistirem que querem que tu sejas como eles querem… Aí então está na hora de dar um murro na mesa e mostrar que não vais prescindir de seguir o caminho que a tua alma te mostra todos os dias. 

Jesus 

Sem comentários:

Enviar um comentário