terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

O vento sopra...

O vento sopra, a energia circula, tudo mexe... Nada está para sempre perdido ou parado, nada é definitivo. Tudo vai e tudo vem: eis o movimento perpétuo da vida. Tudo é movimento, ciclo e transformação.



Sem comentários:

Enviar um comentário